quarta-feira, 1 de outubro de 2008

KIBE DE PROTEÍNA DE SOJA COM PIMENTÕES



Esse quibe fica uma beleza suave e macio. Não leva nenhum tipo de farinha de trigo, ou batata ou farinha de rosca. Apenas, o trigo para quibe e a proteína de soja texturizada (PTS) escura. O passo a passo, está bem explicado e coloquei algumas considerações; já que se trata de uma receita minha em experiência, mas, meu marido fotografou o passo a passo. E eu gostei tanto das fotos que resolvi postar a receita experimental quando ainda estou elaborando e considerando quantidades e ingredientes, porque ficou super gostoso, E quem prova, não acredita que não leva carne e só proteína de soja.


INGREDIENTES: 2 xícaras de trigo para kibe (trigo sarraceno)
3 xícaras de chá de proteína de soja texturizada escura(PTS)
1 colher de sobremesa de pimenta síria
1 xícara de chá de folhas de hortelã
2 cebolas grandes cortadas em pedaços grandes
1 colher de sopa de alho amassado ou 8 dentes grandes, partidos ao meio
1 maço farto de cheiro verde ao invés de metade das folhas verdes longas de um alho poró picadinhas
½ pimentão vermelho grande
½ pimentão verde grande
6 cubos de caldo de carne
Suco de ½ limão
1 colher de chá de nóz moscada
1 pitada de canela
Não usei sal
Azeite


PASSO A PASSO:
Coloque a proteína de soja de molho em água quente que cubra ;durante 20 minutos e depois lave bem e escorra, quantas vezes precisar; até que a espuma que se forma na superfície da bacia desapareça. Espreme bem para retirar o excesso de água. Fazer isso é importante para retirar o gosto característico do fitalo, presente na casca da soja que dá um sabor estranho aos produtos de soja e evita também os gases por conseqüência dessa substância.

Lave o trigo para quibe (para retirar o pózinho branco) e coloque de molho em água fervente que cubra durante uma hora.


Pique ½ alho poró somente as folhas verdes longas. Usei o alho poró ao invés do cheiro verde porque meu marido não gosta de cheiro verde. Eu prefiro com cheiro verde picadinho bem miudinho. A essa altura eu ainda estava para decidir se usaria o alho poró picadinho misturado à massa do quibe ou se liquidificaria; então reservei.

Pique uma xícara de chá de folhas de hortelã. Eu usei ¾ de xícara e achei que foi pouco. Da próxima vez vou usar uma xícara de hortelã.
Enquanto isso providencie os outros ingredientes. Eu usei meio pimentão vermelho médio e meio pimentão verde médio. Dá próxima vez não vou usar o pimentão verde, acho que ficou muito ativo o gosto do pimentão. Vou usar só metade de um pimentão vermelho. Pique grosseiramente os pimentões para liquidificar.


No liquidificador coloque os pimentões, as cebolas picadas grosseiramente (eu tinha cortadas a juliana),e 4 cubos de caldo de carne.

Use azeite necessário para conseguir liquidificar os ingredientes.Liquidifique bem.


Vai se formar uma pasta avermelhada, então junte os dois cubos de caldo de carne restantes e os dentes de alho partidos ao meio; como eu já tinha alho fresco amassado, usei uma colher de sopa; mas, a quantidade de alho é uma questão de gosto. Como eu e meu marido adoramos alho; eu coloco a vontade. Liquidifique bem.

Junte o alho poró picado à mistura e liquidifique bem. Nessa altura eu já tinha me decidido a liquidificar o alho poró. E foi o que eu adicionei por último ao liquidificador.

Misture numa bacia o trigo e a proteína de soja bem escorridos e misture-os bem

Tempere com a nóz moscada

Junte a pimenta síria ou da jamaica

O caldo de meio limão. Quando fizer de novo não vou usar; caí bem com carne, com a proteína, não achei necessário...mas estava em experiência.

E a pitada de canela em pó.



Junte a mistura do liquidificar à mistura de trigo e proteína de soja na bacia.



Junte a hortelã picada e o cheiro verde se optou por usa-lo. Misture bem. (Importante lembrar que ou você usa as folhas de alho poró ou o amarrado de cheiro verde)

Unte uma assadeira grande retangular a maior dos 3 tamanhos com azeite e deite o quibe as colheradas pressionando bem com as mãos.


Com uma faca molhada faça sulcos diagonais formando losangos. Tomando o cuidado de não apronfundar muito os cortes.



Regue os sulcos com bastante azeite de oliva e dê um fio por cima de todo o quibe.


Leve ao forno pré aquecido em temperatura de 230C por 45 minutos, ou até dourar por cima e formar uma casquinha suave.


Retire do forno e deixe esfriar um pouco para cortar. Enquanto ainda está quente, a massa do quibe está macia demais e pode quebrar; para retirar as fatias é necessário usar uma espátula grande para apoiar os pedaços inteiros. Depois de esfriar o quibe pode ser cortado e já estará firme podendo ser aquecido novamente no microondas ou forno convencional ou comido frio. Fica bom de todo jeito.

6 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Adorei essa sua versão do kibe!

Márcia Regina disse...

Maravilhosa minha Chefa....adorei...parabéns mesmo....mil beijocas e fica com Deus....

NANCY FRANCO disse...

Amiga está muito bonito! Voce sabe que eu não faço uso da carne vermelha, mas para quem usa, está maravilhoso! Parabéns por seu trabalho, caprichado, hem? Beijos!

Anônimo disse...

Minha querida amiga Marlene, como sempre, vc me surpreende cada vez mais, parabéns por essa delícia, esse seu blog está espetacular, adorei tds as suas receitas, bjos,minha linda e fique com Deus.Obrigada pelo convite, te adoro!!!

Mari disse...

Minha querida amiga Marlene,antes de tudo, quero te agradecer pelo convite e te parabenizar por esse maravilhoso blog,essa receita está um espetáculo, só estava faltando mesmo era esse blog pra vc estar completa como chefa nota 10,tds as suas receitas são maravilhosos! Deus te abençoe cada dia mais,bjos.

Sandra Paschoal disse...

oi Marlene! Procurando receitas com proteína de soja na net, achei teu blog. Já add como favorito. Adorei! Não sou vegetariana, aliás, não quero ser radical em nada,mas como estou com o colesterol alto e evitando comer carne, achei que a proteína de soja seria uma alternativa. Hoje mesmo vou comprar os ingredientes e tentar fazer o bolinho e o kibe! Espero que eu consiga ter sucesso, pois se der certo, vou fazer sempre...fiquei freguesa...rsrs vou voltar sempre! Obrigada, bj, Sandra Paschoal