quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

ROSCÃO DE POLVILHO





Eu amo essa receita! A primeira vez que a vi, foi no Cybercook postada pela minha amiga Cristina Gullino. Essa receita foi postada por Mamãe Camila na Comunidade "Culinária-Receitas" do Orkut, com o nome de "Biscoitão da Família". Como é rápida e como é prática e gostosa, nem se fala, porque, pra mim ela é como um pão de queijo gigante, É daquelas receitas, que se a gente receber uma visita de repente, rapidinho em 10 minutinhos se faz e todo mundo gosta! Para entender do que estou falando só fazendo essa receita incrível e fácil, fácil mesmo!

INGREDIENTES:

1 copo de óleo de soja 250ml (copo de requeijão)
4 unidades de ovos inteiros
2 colheres de chá de sal
8 colheres de sopa de agua filtrada
2 copos de polvilho doce ou azedo (dois copos de requeijão) (eu já fiz com os dois, e ambos ficam ótimos, mas prefiro com polvilho doce.)
50 gramas de queijo parmesão ralado (opcional a receita não pede, mas se quiser variar vez ou outra)


PASSO A PASSO:
MEDIDA USADA NA RECEITA:
COPO DE REQUEIJÃO 250ML


PRIMEIRA ETAPA:

Pré aqueça o forno a 220°C.


No liquidificador coloque os ovos, a água, o sal e o óleo.


Bata na velocidade máxima por exatos CINCO MINUTOS.


Enquanto isso meça os dois copos de polvilho separe e reserve.


SEGUNDA ETAPA:
Decorrido os cinco minutos; desligue o liquidificador, acrescente o polvilho e o queijo ralado. Ajude a incorporar o polvilho e o queijo(opcional) na massa ja batida, com a ajuda de uma espátula, para facilitar a liquidificação.E bata por mais exatos CINCO MINUTOS.


Despeje em forma de buraco no meio de 26cm de diâmetro X 8cm de altura no mínimo . A massa cresce absurdamente assando. A receita não pede que a forma seja untada, mas eu sempre unto bem levemente o fundo da forma com pouco óleo e se preciso for retiro o excesso com papel toalha; sempre ajuda na hora de desenformar, (desenformo pelando).


Asse em forno quente (220ºC) na prateleira do meio (a massa cresce muito a ponto de até grudar no teto do forno) até que a superfície esteja bem dourada.


Respeite o tempo de batimento, quanto mais a massa for batida, mais crescerá no forno.


NOTA: O QUEIJO RALADO NÃO FAZ PARTE DA RECEITA ORIGINAL. Eu coloco por minha conta quando quero variar. Fica excelente também sem o queijo.

BOLO DE GRANOLA




Estava com granola demais aqui em casa e antes que saísse da validade resolvi assar um bolinho com granola e ver como ficaria. Elaborei a receita de acordo com a quantidade que eu tinha eu tinha em casa. Mas, vale colocar no bolo, tudo que achar que combine com a granola, por exemplo: frutas secas, um pouco mais de passas, castanhas, use sua imaginação e o que estiver sobrando em casa, mesmo que seja só um pouquinho. Por isso mesmo apelidei esse bolo de quebra galho; apesar de eu só ter usado a granola que tinha em casa. Aqui todos gostaram!

INGREDIENTES:

3 colheres de sopa de margarina ou manteiga (nesse eu usei margarina)
1 xícara de chá de açúcar
2 unidades de ovos
2 xícaras de chá de farinha de trigo
1 xícara de chá de granola (pode colocar até uma de sobremesa que fica muito bom)
1 xícara de chá de leite integral
1 colher de chá de canela em pó cheia
1 pitada de sal
1 colher de sopa de fermento em pó

OBS: O bolo é especiado, se quiser pode colocar uma pitada de pimenta caiena, cravo em pó e até gengibre a gosto) 
Ainda adicionar passas sem caroço se a granola não tiver e for de seu gosto).

PASSO A PASSO:


Numa vasilha misture a granola com 1/2 xícara de chá de farinha de trigo e misture bem. Reserve.

Na batedeira coloque o açúcar com a manteiga e bata bem até obter um creme homogêneo.

Junte os ovos e continue batendo.

Junte uma xícara de farinha de trigo, o leite e o e a meia xíicara de farinha de trigo restante. sempre batendo.

Junte a granola a pitada de sal e a canela em pó; continue batendo e junte o fermento.

Vai formar uma massa grossa; é assim mesmo.

Coloque em forma de canudo no meio untada e enfarinhada.Asse em forno quente pré aquecido por mais ou menos 30 minutos; até que enfiando um palito no centro este saia seco.

Retire do forno solte as beiradas e desenforme morno...todo mundo já sabe que eu desenformo pelando rsrs!

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

BOLINHO DE PROTEÍNA DE SOJA




Esses bolinhos não deixam nada a desejar para os bolinhos de carne vermelha, nem na aparência e muito menos no sabor. Eu ainda prefiro os de soja aos de carne. A proteína de soja sendo bem lavada pra perder o cheiro e o sabor forte, característicos do fitalo, presente na casca da soja, e bem temperadinha; fica boa demais e é uma ótima opção pra criançada comer soja e também para diminuir um pouco a carne vermelha do cardápio, pois pode ser misturada à carne moída e entrar em todos os pratos e recheios que levam carne, aliviando o nosso bolso e contribuindo para nossa saúde.
No passo a passo tive 1000 idéias para o refogado e como dei uma boa inovada no tempero e na maneira de fazer, essa receita foi experimental. Então corrigi as quantidades e avaliei o tempero e o sabor em seguida, e todas as minhas considerações estão bem explicadas no passo a passo.


INGREDIENTES:

2 xícaras de chá de proteína de soja texturizada escura hidratada
1 cebola pequena picadinha
2 colheres de chá cheias de alho socadinho
2 cubos de caldo Knorr pode ser picanha ou carne
1 folha de louro
1 colher de chá rasa de pimenta do reino
1 colher de café de nóz moscada ralada
2 colheres de sopa de soyu (molho de soja. Eu uso o Tozan do rotulo vermelho)
2 pimentas de cheiro picadinhas (opcional)
Cheiro verde picadinho á gosto
2 colheres de chá de orégano
1 colher de sopa de queijo parmesão ralado
1 ovo
Farinha de trigo integral suficiente para dar ponto de fritura
Azeite para refogar
Óleo para fritar

PASSO A PASSO:


Coloque a proteína de soja numa bacia e hidrate a proteína em bastante água quente(eu deixo a água ferver e espero uns 10 minutos antes de despejar sobre a proteína na bacia).Deixe agir por 10 minutos.



Decorrido o tempo escorra numa peneira e lave muito bem em água corrente até sair toda aquela espuma branca e o cheiro forte característico também.


Esprema bem para sair o excesso de água e deixe escorrendo reservada.


Numa panela refogue em azeite a cebola e o alho.


Junte o caldo Knorr e amasse com a ponta da colher de pau.(Eu coloquei 3 cubos de caldo, mas como achei que ficou muito ativo diminuí pra dois. A proporção ideal é para cada xícara de proteína um cubo de caldo).


Junte a folha de louro, a pimenta do reino, a noz moscada e mexa bem.


Acrescente a proteína reservada e mexa bem.


Junte as duas colheres de sopa de molho de soja e o orégano, sempre mexendo bem e em fogo médio para refogar tudo.


Junte o cheiro verde picadinho.


Adicione a colher de sopa de queijo parmesão ralado.(Na foto parece que coloquei mais e coloquei mesmo, mas ficou muito ativo e com uma colher de sopa apenas vai ficar show!).


Mexa bem.


Por último eu resolvi colocar umas duas pimentinhas de cheiro que eu tinha na geladeira, como foi assim de supetão; se decidir por usar, adicione junto com o louro e a pimenta do reino. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco.


Transfira para uma bacia.


Junte um ovo inteiro e misture bem.


Junte a farinha de trigo suficiente para fritar.(Eu usei uma xícara de chá).Misture bem para incorporar toda a farinha à massa.


Quanto mais fria estiver a proteína, menos farinha será necessária para dar o ponto. Se tiver paciência e não for como eu rsrs... deixe a massa na geladeira para esfriar e só acrescente farinha que baste para dar o ponto depois de bem fria ou gelada. Eu sou afobada tenho que fritar na hora rsrsrs!


Com o auxílio de duas colheres retire pequenos bocados da massa.


E leve para fritar em óleo bem quente de preferência em frigideira antiaderente. Escorra bem a gordura em papel toalha.



segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

CARNE A MARINHEIRO NA PRESSÃO






Essa carne eu fiz no sábado para receber um casal de amigos para o jantar.
Não estava a fim de fazer nada trabalhoso e como não como carne, recorri à receita da Chef Vanessa Barroso minha amiga querida do blog Culinária com Gosto. O jantar foi um sucesso total e a receita aprovadíssima. Pedi ao meu marido para comprar um coxão duro bem bonito e deixar cortadinho e temperado pra mim. Eu fiz a receita na hora, com os amigos na cozinha e foi pura diversão, principalmente porque fotografei tudo para colocar aqui no blog. Uma receita magrinha não leva nada de gordura, nada mesmo! Nesta minha versão eu aumentei quantidades e temperei ao meu gosto.


INGREDIENTES:

Panela de pressão para 4½ lt
Usei 1.200 kg coxão duro cortadinho em bifinhos, temperado com limão, pimenta do reino, cominho e tempero completo que ficou na vinha durante 10hs. Pode temperar de um dia pro outro fica melhor ainda.
6 folhas de louro médias
2 colheres de chá de sal
1 caldo knorr de picanha
Orégano á gosto; eu usei uma colher de sopa cheia salpicando no meio e no final
Pimenta do reino eu usei um pouco, pois já tinha no tempero da carne(+ ou – 1 colher de chá)
5 batatas médias fatiadas em rodelas não muito finas
4 tomates grandes cortados ao meio e fatiados fininho
2 cebolas grandes cortadas ao meio e fatiadas fininho
220 ml de vinho tinto seco
No final usei também a vinha da carne

PASSO A PASSO:


Limpe corte em bifinhos a carne e deixe em geladeira, numa vinha feita com com limão, pimenta do reino, cominho e tempero completo, no mínimo por 8hs.


Faça uma camada da carne no fundo da panela de pressão.



Faça uma camada de cebolas fatiadas sobre a carne.



Em seguida, faça uma camada de tomates fatiados sobre a camada de cebolas.


Junte 3 folhas de louro e metade do orégano.



Faça outra camada de batatas sobre a camada de tomates e continue assim sucessivamente até finalizarem os ingredientes.


Mais outra camada de carne.


Outra camada de cebolas.


Outra camada de tomates.


Mais outra camada de batatas.


Quando finalizarem as camadas, a panela estará bem cheia.


Termine derramando um copo de vinho tinto sobre os ingredientes na panela.


Junte o restante das folhas de louro, o restante do orégano e tempere com o sal.


Por último eu enfiei um caldo Knorr sabor picanha, na lateral da panela e reguei com o restante da vinha.


Tampe a panela e leve ao fogo por 45 minutos contados a partir do momento em que colocar a panela no fogão.


Decorrido o tempo, retire a pressão da panela em baixo de fio de água ou deixe a pressão sair naturalmente.


Eu servi acompanhado de arroz com açafrão.