terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

ABÓBORAS NO BAFO BAFO



Eu faço a abóbora assim, nem me lembro mais há quanto tempo, mas todo mundo que prova adora e me pergunta como eu faço. Eu adoro legumes e verduras refogadas, sempre que posso, não cozinho em água e sal, porque na água do cozimento se vão quase todas as vitaminas e sais minerais dos legumes e verduras. Ou cozinho no vapor ou refogo, como costumo dizer no bafo ehehehe É fácil como todas as receitas SALADICHE que fazem bonito e não te escravizam na cozinha. Porque gente; uma coisa é você cozinhar por lazer e outra é cozinhar por dever ou obrigação, mesmo sendo com todo o amor. Então o tempo da gente tem que dar para tudo, já foi a época da mulher só no fogão e cuidando da casa, até mesmo o assunto está ultrapassado rsrs.
Ahhhh nada como a modernidade, os maravilhosos eletrodomésticos e utensílios de cozinha, aliados poderosos da gente! E as receitinhas simples, fáceis e com muito sabor e efeito!


INGREDIENTES:

1 kg a 1.200kg mais ou menos metade de uma moranga aquela gomada ou abóbora baiana aquelas bem sequinhas e pequenas
1 cebola grande picadinha
1 colher de sopa de alho amassado (porque eu gosto, mas pode ser á gosto)
Azeite que baste para refogar
Pimenta do reino á gosto (uso uma colher de chá)
2 folhas de louro (coloco sempre, mas não usei nesta receita, porque não tinha na hora, coloquei louro em pó, junto com a pimenta)
Sal á gosto


PASSO A PASSO:

Descasque a abóbora tomando cuidado para retirar o mínimo possível do bagaço, procure retirar somente as sementes, pois essa franja, (uns fiapos) que a abóbora tem, onde ficam as sementes é que vai engrossar o refogado. Corte-a em cruz até ficar do seu agrado,não deixe muito pequenos os pedaços. Lave e reserve em recipiente com água que cubra.



Numa panela coloque azeite ou óleo á gosto, mas suficiente para refogar a cebola e o alho.

Junte a cebola bem picadinha e deixe dourar claro.


Após a cebola ter dourado claro, junte o alho e o louro, mexa para misturar bem e deixe refogando em fogo brando para não queimar.(Não usei folhas de louro porque não tinha na hora).



Refogue bem até ficar dourado forte. Acompanhe os estágios através das fotos acima.

Junte a pimenta á gosto.


Em seguida o sal e mexa.

Junte a metade da abóbora e mexa bem, para ir pegando o gosto do refogado.


Em seguida junte o restante da abóbora, mexa bem e refogue mais um pouco.

Tampe a panela, sempre no fogo de médio a baixo. De tempos em tempos abra e dê uma mexida. Esse procedimento leva mais ou menos uns 12-15 minutos.

Nesse ínterim, enquanto refogamos de vez em quando a abóbora e a mantemos tampada no fogo baixo é que a contece o cozimento que eu chamo no bafo bafo. A abóbora vai cozinhando nos temperos à vapor.

Vai se formar um caldo grosso no fundo da panela. Veja bem de perto nas fotos acima e a abóbora deverá estar quase cozida.


Prove o ponto de cozimento e veja se está macia, se precisar junte um pouco de água, sempre que a água secar junte água aos pouquinhos, mas em bem pouca quantidade. Como eu coloco no fogo quase baixo depois que refogo, quase não uso água, mas coloco um pouco ao final do cozimento para dar mais um caldinho e dar o último grau.

Mais uma mexidinha e acerte o sal se necessário.

Prontas as abóboras no bafo bafo!

Agora é só servir. Eu adoro bem quente rsrs! Eu não me aguento rsrs.

Eu acompanhei com arroz integral tipo agulhinha.

4 comentários:

Neneli disse...

Marlene querida!!!
Que receita mais gostosa é essa??
Este bafo bafo fica elegante demais!
Hummm....

abç
neneli

Magia na Cozinha disse...

Abóbora é meu legume favorito! Adoro!
Bjs e bom Carnaval! :)

NANCY FRANCO disse...

Que beleza de abóbora que eu adoroooo.....Leneeeee...tá demaissssss....tttuuudoooooo Beijos

Caminhão disse...

Amiga, sou louca por abóbora, e vou repetir sempre ...tua comida é cheirosa....ai...ai....que delícia, e com arroz integral...nossa tudo de bom.
Amei!!!!!!!!!!