domingo, 12 de abril de 2009

BACALHAU À BRÁZ




Resolvi fazer o Bacalhau à Bráz da forma feita em Portugal. Porque aqui a receita é feita no forno. Eu não gosto. Tinha que fazer algo para a Páscoa, e queria fazer uma receita diferente daquelas que eu costumo fazer. Esse bacalhau ficou tudo de bom. Não me deu nenhum trabalho . Eu o fiz uma ½ hora antes de do almoço e o servi de imediato. Como não podia deixar de ser, tem claro, meu toque pessoal. No mais é só conferir.
Para fazer essa receita eu me baseei na receita do Bacalhau à Braz do blog da amiga Nela que é um convite à tentação. Nela querida muito obrigada!

INGREDIENTES:

1 lk de bacalhau
½ xícara de chá de azeite
2 cebolas médias ou 1 ½ grande
1 colher de sopa de alho picadinho
1 a 2 folhas de louro
140 gramas de batata palha
4 a 5 ovos batidos
1 punhado de azeitonas pretas
1 xícara de chá de salsinha picadinha
1 colher de chá cheia de pimenta do reino
Gotas de limão
Sal á gosto

PASSO A PASSO:



Dessalgue o bacalhau, afervente e retire as espinhas e as partes escuras. Desfie em lascas não muito pequenas. Para facilitar e agilizar eu retiro a pele do bacalhau antes de dessalga-lo. Se quiser saber como eu faço clique AQUI



IMPORTANTE: ESTA RECEITA É FEITA NO FOGO SEMPRE BAIXO.


Numa frigideira grande e funda, aqueça o azeite. Junte a cebola o alho e o louro.


Mexa refogando até a cebola ficar macia e transparente.


Junte o bacalhau e o champignon em conserva. Eu não coloquei-o junto com a cebola, para que não perdesse seu sabor suave característico.


Mexa para refogar. Não é necessário deixar que cozinhe, pois o bacalhau foi aferventado. Deixe refogando de 3 a 4 minutos.


Junte a batata palha.


Mexa para que refogue bem e dê uma murchada.


Junte os ovos batidos temperados com sal pimenta e limão. Deixe cozinhar por uns 4 minutos mexendo cuidadosamente para que eles cozinhem , mas sem deixar demais, para que não percam a cremosidade. Desligue o fogo

NOTA: Não é necessario que os ovos sejam batidos para como omelete. Bata apenas para que se misturem bem. Tempere com sal á gosto e uma colher de chá cheia de pimenta do reino.
Para cada ovo usado junte de 2 a 3 gotinhas de limão.(isto eu faço para evitar aquele cheirinho - nhaca mesmo rsrs, desagradável de ovos, além é claro de retirar a película que envolve a gema, para isso passe as gemas por uma peneira). Mas se quiser ver como eu faço, eu mostrarei abaixo.


Desligue o fogo e junte as azeitonas.


Prontinho. Agora é só servir.



Guarneça com salsinha.


Quebre o ovo com cuidado na palma da mão e deixe escorrer a clara por entre os dedos. Puxe uma das estremidades da gema para romper a película.


Com o dedão segure a película delicada, mas firmemente para que escorra a gema e a película fique em sua mão. Descarte a película.

6 comentários:

Ricardo disse...

pois tinhas de fazer uma cosa para me deixares esfomeado a querer bacalhau a Braz, gostas muito de implicar comigo. rsrsrs

Sabes gostei de te ver meter cogumelos nele para mim é inovador e bem saboroso. Adoro "funghi" bite me JJ&JJ

Nela disse...

Minha Querida, espero que tenha passado uma Santa Páscoa junto de sua familía, muito obrigada pelos comentários, muito obrigada pelas gentileza, e pelas suas palavrinhas.
Adorei e para mim foi uma honra que tivesse feito o bacalhau á bráz, receita tão portuguesa, e que quase todo o mundo adora, está muito bem feito Parabéns, meteu ao seu jeito, que acho muito bem, pq todas nós temos diferentes formas de fazer o mesmo prato,esse a que se refere no forno, nós cá lhe damos o nome de bacalhau, ou no forno, ou gratinado, que tb faço muito, pq cá em casa adoramos bacalhau, tenho no blog outra receita que é de souflé que é prática e tb fica muito boa, se bem que não tão adorada como esta receita.Muito obrigada, eu vou conferir se já a adicionei, caso não o tenha feito o vou fazer.Marlene é muito simpática e educada obrigada pelas suas palavras, boa semana e já sabe virei visitá-la, embora confesse que ás x não o faço tanto como queria, mas é mesmo por falta de tempo, ando sempre a correr trabalho casa familía, o cansaço é grande, só mesmo aos pouquinhos tenho tempo para vir ao blog, e por x á noite, mas o cansaço já é tanto, que apetece e só mesmo descansar, beijinhos e mais uma vez muito obrigada.

Lourdes Sabioni disse...

Eu gostei muito do seu bacalhau à Braz, adoro receitas diversas com bacalhau. Este ano fiz um que minha amiga de Portugal, a gasparzinha, me enviou. Chama-se bacalhau espiritual, deve ser porque a gente como rezando...KKKKK
Bjs e uma boa semana.

mesa para 4 disse...

Ficou uma delícia ...adoro bacalhau à bráz :-)

Tânia Saj disse...

Ai, ai, ai.....passei minha semana santa num lugar que não tinha bacalhau e me deparo agora com esta página escandalosamente deliciosa e fico salivando....
Sobrou um tiquinho só, miga??
Beijão

Le Moulin Joly disse...

obrigada pelos seus comentarios... esse bacalhau deve estar delicioso!!!!